Linha de pesquisa1: Epistemologia, Lógica e Metafísica.

 

Esta linha se dedica a problemas filosóficos associados ao conhecimento (e assim à percepção, à justificação, ao testemunho), à ciência (e assim ao estatuto ontológico das entidades postuladas pela ciência, à relação entre teoria e experiência na prática científica e a questões metodológicas associadas ao desenvolvimento de teorias físicas), às relações de consequência (e assim à epistemologia da inferência, às relações entre forma e existência, ao contraste entre os diferentes sistemas lógicos) e aos aspectos estruturais da realidade (natureza da realidade e o contraste entre as diferentes ontologias).

 

O Programa de Pós-graduação do PPG-FIL-UnB desde o seu início teve um foco em questões associadas ao conhecimento e à ciência. De fato, a área de concentração do Programa de Mestrado nos seus primeiros anos foi Epistemologia. Na época, muitos pesquisadores do Programa estavam dedicados à teoria do conhecimento e à filosofia da ciência e alguns outros estavam pesquisando a ética do conhecimento e as relações políticas em torno da ciência. Por diversas razões, inclusive pela ampliação e transformação das áreas de interesse de alguns pesquisadores do programa, a concentração passou a ser, desde 2007, em Filosofia. Desde então, as pesquisas sobre filosofia da física, epistemologia evolucionista, natureza da experiência e sistemas lógicos se juntaram a investigações sobre natureza da evolução, a ontologia da percepção, as relações entre perspectivas e a pluralidade de sistemas lógicos, o problema da mudança teórica e, finalmente, sobre a natureza e existência de Deus no debate atual da filosofia analítica da religião. A ênfase contemporânea na filosofia analítica, em torno da metafísica, foi incorporada pelo Programa (daí a explicitação dessa subárea nessa linha de pesquisa). Nesse contexto, também a filosofia da mente (abordada em um dos projetos de pesquisa) passou a ser entendida em um quadro metafísico mais amplo; o estudo da evolução deu lugar a preocupações  acerca da ontologia da biologia e da relação entre a história dos humanos e sua natureza; a investigação acerca da natureza da percepção e da interação entre experiência e conceito abriu espaço para considerações acerca da noção de natureza e sua relação com o domínio das leis e com os processos de encantamento e desencantamento; a pesquisa acerca de sistemas lógicos deu origem a  questões acerca da natureza das inferências e de como os sistemas formais são compatíveis com conjuntos de mundos possíveis.

 

Professores Vinculados:

Prof. Dr. Agnaldo Cuoco Portugal

Prof. Dr. Alexandre Costa Leite

Prof. Dr. Alexandre Hanh

 Prof. Dr. André Leclerc

Prof. Dr. Hilan Nissior Bensusan

Prof. Dr. Luiz Henrique Dutra

Prof. Dr. Marcos Aurélio Fernandes

Prof. Dr. Michel Paty

Prof. Dr. Paulo César Coelho Abrantes

Prof. Dr. Philippe Lacour

Prof. Dr. Rodrigo de Alvarenga Freire

Prof. Dr. Samuel José Simon


Linha de Pesquisa 2: Ética, Filosofia Política e Filosofia da Religião

 

Esta linha de pesquisa busca investigar as questões clássicas do pensamento ético e político conjuntamente aos problemas ligados ao domínio da filosofia da religião, relacionados pelo caráter prático que envolve essas áreas. São pesquisados temas como as concepções metafísicas, antropológicas e epistemológicas das religiões, as relações entre a ética e a religião, as concepções do poder, as relações entre as noções de liberdade e igualdade, as relações entre poder político e religião, além dos grandes problemas da filosofia moral e política desde a Antiguidade até o pensamento contemporâneo.  Incorpora e articula nesta dimensão questões relacionadas aos direitos humanos fundamentadas em teorias do Estado e em concepções metafísicas, discutindo temáticas correlatas como a relação entre ética e pluralismo, ética e religião, crítica do discurso político e democracia e justiça.

 

As questões epistemológicas em filosofia da religião referem-se ao debate contemporâneo intitulado “ética da crença”, que se desenvolve desde o século XIX, e tem antecedentes importantes na discussão clássica sobre a relação entre fé e razão. Além de um óbvio conteúdo normativo, essas questões permitem também uma ligação orgânica com a linha de pesquisa de epistemologia, lógica e metafísica. Estes temas também se vinculam intimamente com a linha de história da filosofia, por meio de projetos que estudam questões de ética, filosofia política e filosofia da religião com foco na compreensão de como se deu o respectivo debate em determinado contexto histórico.

 

Professores vinculados:

Prof. Dr. André Luiz Muniz Garcia

Prof. Dr. Alex Calheiros

Prof. Dr. Agnaldo Portugal

Prof. Dr. Erick Calheiros

Prof. Dr. Francesco Tomasoni

Prof. Dr. Gilberto Tedeia

Prof. Dr. Guy Hamelin

Prof. Dr. Herivelto Pereira de Souza

Prof. Dr. Hilan Bensusan

Profa. Dra. Lígia Pavan Baptista

Prof. Dr. Marcos Aurélio Fernandes

Profa. Dra. Maria Cecilia Almeida

Prof. Dr. Marcos Aurélio Fernandes

Prof. Dr. Marcio Gimenes de Paula


Linha de Pesquisa 3: História da Filosofia

 

Esta linha de pesquisa é fundamental para a organicidade do programa e do curso de doutorado. Trata-se de uma linha que se apõe à tendência predominantemente temática das linhas anteriormente mencionadas. Enquanto as duas linhas anteriores se vinculam, respectivamente, àquilo que desde Aristóteles foi chamado de filosofia teórica e filosofia prática, a presente linha em “História da Filosofia” integra mais esses registros, referindo mais os temas, autores e problemas à relação, constitutiva para o pensamento ocidental, entre a filosofia e sua história. Frequentemente, temas teóricos e práticos ultrapassam, pela própria natureza da reflexão filosófica, o escopo mais limitado imposto pelas dimensões epistemológicas, metafísicas e ético-políticas, exigindo um tratamento mais integrado e, sobretudo, com forte conexão tanto com a maneira muito específica como se encadeia a história da filosofia, quanto com a forma, por vezes predominante, como a história se manifesta nas questões filosóficas.

 

Não é apenas uma linha que coordena as duas anteriores, permitindo inclusive trabalhar os projetos e perspectivas que se revelem fronteiriços para ambas, mas constitui uma linha também especificamente propositiva, na medida em que se abrem as possibilidades para a execução de projetos mais monográficos, mais historicamente circunscritos, tanto hermenêuticos, quanto também mais exegéticos.Seguindo a orientação geral estabelecida pelos atuais projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes que integram o programa, a linha integrará perspectivas que, em geral, se coordenam com as tradicionais fases da história do pensamento ocidental (Antiga, Medieval, Moderna e Contemporânea), como também estudos mais especificamente ligados a autores, conforme a orientação específica dos docentes.

 

Professores vinculados:

Prof. Dr. Alex Calheiros

Prof. Dr. Alexandre Hahn

Prof. Dr. André Luiz Muniz Garcia

Prof. Dr. Erick Calheiros de Lima

Prof. Dr. Guy Hamelin

Prof. Dr. Herivelto Pereira de Souza

Profa. Dra. Maria Cecilia Almeida

Prof. Dr. Marcio Gimenes de Paula

Prof. Dr. Marcos Aurélio Fernandes

Prof. Dr. Michel Paty

Prof. Dr. Samuel José Simon